Sistema de controle de estoque: saiba por que é importante!

Você já parou para pensar na importância de um sistema de controle de estoque preciso para a gestão do seu negócio? Caso não, convido-lhe a refletir agora! 

Pois, ele é essencial para o bom funcionamento de uma empresa, independentemente do segmento de atuação, por exemplo.

Isso porque, uma gestão eficaz do estoque permite que o empreendedor saiba exatamente quantos produtos possui em seu estoque.

Assim, irá evitar  problemas como por exemplo a falta de mercadorias ou o excesso de itens parados.

Clique e conheça mais sobre o AgoraOS.

Além disso, tal sistema também  proporciona uma visão clara do desempenho do negócio, permitindo tomar decisões estratégicas embasadas em dados reais.

Em resumo, com o avanço da tecnologia, atualmente, existem diversos softwares disponíveis no mercado que facilitam a gestão do estoque e tornam o processo mais ágil e eficiente. 

Assim, essas ferramentas permitem o registro correto das entradas e saídas de produtos, monitoramento em tempo real do estoque disponível e a realização de inventários de forma automatizada.

Portanto, se você deseja otimizar o gerenciamento do seu negócio e evitar problemas relacionados ao controle de estoque, investir em um sistema preciso é fundamental. Não subestime a importância dessa ferramenta para o sucesso da sua empresa.Sistema de controle de estoque

Mas, afinal como funciona um sistema de controle de estoque?

Clique e conheça mais sobre o AgoraOS.

Um sistema de controle de estoque é um componente vital para o gerenciamento eficiente de inventário em organizações de diversos setores, pois ao integrar tecnologia e processos, tal sistema visa aprimorar a supervisão e otimizar o fluxo de mercadorias, desde a entrada até a saída do estoque. 

Ou seja, por meio de funcionalidades avançadas, como por exemplo o rastreamento em tempo real, a análise preditiva e a automação de processos, as empresas podem tomar decisões estratégicas embasadas em dados precisos. 

Além disso, a capacidade de monitorar a disponibilidade de produtos, prever demandas futuras e identificar padrões de consumo proporciona uma visão abrangente das operações comerciais. 

Junto a isso, há também a automação de tarefas rotineiras, como por exemplo a contagem de estoque e a emissão de pedidos de reposição, as quais  reduzem significativamente a probabilidade de erros humanos, contribuindo para a integridade dos registros. 

Desse modo, a sincronização eficiente entre os diversos setores, como vendas, logísticas e finanças, proporciona uma otimização integral, a qual contribui para uma gestão coordenada.

Por fim, a partir da implementação de um sistema de estoque, as empresas conseguem não só evitar excessos ou faltas de produtos, mas também melhorar a eficiência operacional, reduzir custos e elevar a satisfação do cliente. 

Sistema de controle de estoque: conheça os principais tipos 

Clique e conheça mais sobre o AgoraOS.

Atualmente, existem diversos tipos sistema de controle de estoque, cada um adaptado às necessidades e características específicas de diferentes empresas. Dito isso, conheça a seguir brevemente cada um. 

Controle Periódico

Neste método, a contagem do estoque é realizada em intervalos regulares, como por exemplo semanalmente, mensalmente ou anualmente. Sendo assim, essa abordagem é mais adequada para empresas com estoques menos dinâmicos.

Controle Perpétuo

Ao contrário do controle periódico, o controle perpétuo mantém um registro contínuo e em tempo real das movimentações de estoque. Ou seja, cada transação, como por exemplo, o recebimento de mercadorias ou vendas, é registrada imediatamente, proporcionando uma visão atualizada do estoque.

Just In Time (JIT)

Este método, por sua vez, busca minimizar os custos de armazenamento ao receber e produzir itens apenas quando são necessários para o processo produtivo ou atendimento de pedidos. Assim, o JIT visa eliminar estoques excessivos, promovendo eficiência e redução de desperdícios.

Clique e conheça mais sobre o AgoraOS.

ABC (Análise de Pareto)

Baseado no princípio de Pareto, esse método classifica os produtos em categorias A, B e C, de acordo com sua importância e volume de movimentação. Isso permite que a empresa concentre mais esforços de controle nos itens de maior impacto.

LIFO (Last In, First Out) e FIFO (First In, First Out)

Esses métodos definem a ordem em que os produtos são retirados do estoque. O LIFO considera que os itens mais recentes são os primeiros a serem vendidos, enquanto o FIFO assume que os itens mais antigos são utilizados primeiro.

Código de Barras e RFID

Tecnologias como códigos de barras e identificação por radiofrequência são utilizadas para rastrear e identificar produtos de forma rápida e eficiente, reduzindo erros humanos e agilizando processos.

Sistema de Gestão de Estoque (ERP)

Clique e conheça mais sobre o AgoraOS.

 Um software de ERP integra diversos processos de uma empresa, incluindo o controle de estoque. Ele pode ser personalizado para atender às necessidades específicas da organização, proporcionando uma visão abrangente das operações.

Em resumo, a  escolha do método de controle de estoque depende do tipo de negócio, do volume de movimentação de mercadorias e das características específicas da cadeia de suprimentos. 

Ainda vale destacar que é comum que empresas adotem uma combinação de métodos para atender às suas demandas operacionais.

Sistema de controle de estoque preçoSistema de controle de estoque preço

O custo para adotar um sistema de controle de estoque pode variar significativamente, dependendo de diversos fatores, como por exemplo o tamanho da empresa, a complexidade de suas operações e as funcionalidades requeridas no sistema. 

Em relação às pequenas empresas, existem opções mais acessíveis, como softwares básicos ou até mesmo aplicativos gratuitos que oferecem funcionalidades simples de controle. 

Enquanto isso, para empresas de médio e grande porte, as quais demandam soluções mais robustas e personalizadas, podem enfrentar custos mais elevados.

Clique e conheça mais sobre o AgoraOS.

Pois, há a aquisição do software, treinamento da equipe, integração com outros sistemas e manutenção contínua, por exemplo.

Além disso, a escolha entre um sistema local (on-premise) ou baseado em nuvem também influencia os custos, sendo que a abordagem em nuvem muitas vezes envolve mensalidades ou assinaturas. 

Vale ressaltar que, apesar do investimento inicial, a implementação de um sistema eficiente de controle de estoque tende a trazer retornos a longo prazo, otimizando processos, reduzindo erros operacionais e contribuindo para uma gestão mais eficaz dos recursos empresariais.

AgoraOS, o melhor sistema de controle de estoque do mercado

Sistema de controle de estoque - AgoraOS

O AgoraOS se destaca como um dos melhores sistemas de controle de estoque disponíveis no mercado!

Isso, se dá devido à sua abordagem abrangente e inovadora na gestão de inventário. 

Além disso,  O AgoraOS utiliza tecnologia de ponta, como análise de dados, por exemplo, para prever demandas, otimizar pedidos e minimizar desperdícios. 

Junto a isso, a flexibilidade do sistema permite personalizações para atender às necessidades específicas de diversos setores e tamanhos de empresas. 

Ainda vale destacar que há uma integração plena com outros processos empresariais, aliado a recursos de rastreamento eficientes, o que contribui para a precisão das informações. 

Por tanto, otimize agora seu estoque, simplifique a gestão e impulsione seus resultados com o AgoraOS. Entre em contato conosco aqui. 

Veja também: